Galeria de Fotos

Publicado em 31 de janeiro de 2017

0

Frente Social inicia os trabalhos com doação de ferramentas

A crise da Prefeitura Municipal não é só financeira, mas também organizacional. A falta de manutenção e cuidados, deixou setores como o DSUR totalmente sem suas ferramentas e equipamentos mais básicos para o trabalho.

Os esforço feito para criar 40 vagas para a Frente de Trabalho iniciar suas atividades e beneficiar famílias com o auxílio, precisou ainda de uma parceria fundamental para que o trabalho pudesse acontecer por completo.

Sem muitas ferramentas o DSUR não podia liberar as poucas que tinha para os trabalhos da Frente. Então, a diretora de Ação Social, Eva Vilma da Silva Rodrigues, solicitou ao empresário Jair Spósito Gabricho, da empresa Fuzil, a doação de enxadas, enxadões, rastelos, pás, serrote, facão, carrinho de mão e vassouras para o trabalho da Frente Social.

“É uma pessoa muita solícita e sempre nos ajuda nos momento difíceis e agora estamos numa situação muito precária. Pedi algumas coisas para que pudéssemos fazer os trabalhos e ele nos deu muito mais coisas, o que possibilitou que expandíssemos logo de início os trabalhos e a Frente pudesse fazer serviços que não poderiam agora por falta de ferramentas e equipamentos”, disse Eva.

O prefeito Amarildo agradeceu a atitude e o desprendimento do empresário que beneficiou não só as famílias que puderam participar da Frente de Trabalho, mas também a cidade em geral, pois o trabalho da Frente está ajudando muito na limpeza e organização da cidade. “Sem dúvida o empresário Jair é um parceiro e é isso que necessitamos neste momento; parcerias, envolvimentos de todos os cidadãos, empresários, comerciantes, todos, para que juntos possamos passar por esse momento tão difícil que nossa cidade está enfrentando. Agradecemos muito ao apoio”, disse.

A Frente Social está trabalhando na faxina total dos postos de saúde, fazendo toda a limpeza interna e externa, inclusive a jardinagem dos postos, limpeza de meio fio, poda árvores. Também está ajudando o DSUR a desentupir os bueiros, limpar as margens do córrego Graminha, entre outros trabalhos. “São muitas as necessidades neste momento. A cidade toda está tomada de mato, lixo, buracos, etc. e isso não é segredo pra ninguém. Estamos fazendo escalas e a Frente ajudando o DSUR já conseguiu melhorar vários pontos”, disse Eva.

[Best_Wordpress_Gallery id=”36″ gal_title=”Frente Social inicia os trabalhos com doação de ferramentas”]


Sobre o Autor



Back to Top ↑