Notícias Ação Social

Publicado em 18 de janeiro de 2017

0

Entidades recebem em doação as sucatas e inservíveis do Almoxarifado

Entidades recebem em doação as sucatas e inservíveis do Almoxarifado

A precária situação em que foi encontrado o Almoxarifado Municipal já foi alvo de muitos comentários e debates em toda a cidade. Com móveis quebrados, lixo eletrônico, pneus, sucatas de diversas origens tudo espalhado e deixado no tempo, dando ao local a impressão de um verdadeiro lixão; desmotivando servidores que ali trabalham, causando transtornos à vizinhança com o aparecimento de animais peçonhentos e transmissores de doenças e, envergonhando os vargengrandenses.

Ao assumir a direção do Almoxarifado neste ano, o novo diretor do Almoxarifado, Thomaz de Andrade, vem trabalhando arduamente para colocar o local em ordem, e ao mesmo tempo sem deixar de prestar serviço a população.

Após a análise de tudo o que foi deixado, o prefeito Amarildo Duzi Moraes determinou que toda a sucata e os materiais inservíveis fossem doados às entidades municipais para que as mesmas pudessem vendê-los e conseguir uma arrecadação no início deste ano.

O projeto de lei que repassa às entidades Hospital de Caridade, AAMA, APAE, Associação Dom Bosco, Albergue Noturno, Sociedade Humanitária e Grupo Mão Amiga, todo o material que foi dividido em quatro lotes: sucatas, bens móveis inservíveis, óleo queimado e lixo eletrônico; foi aprovado na sexta-feira, dia 13 pelos vereadores.

De acordo com a Lei nº 4.072, as entidades deveriam eleger entre elas um representante que fará todos os trâmites da venda e prestará contas de todo o processo, apresentando o valor final conseguido para ser dividido entre as entidades, através do acompanhamento do Conselho Municipal de Assistência Social.

Em reunião realizada na manhã da terça-feira, dia 17, no gabinete do prefeito, o presidente da APAE, Guilherme Arrigoni Ferri, foi escolhido entre os representantes das entidades para fazer toda a tramitação de venda. Guilherme disse que assim que recebeu a notícia da doação às entidades, atendeu ao convite feito e compareceu no Almoxarifado, juntamente com o vereador Fernando Ribeiro, o Fernando Corretor, para verificar o material. Disse que entraria em contato com compradores e pediu aos representantes presentes que se tivessem mais compradores para informar o contato, pois seria necessário fazer algumas cotações para garantir uma boa venda para as entidades.

Estavam presentes à reunião o prefeito Amarildo Duzi Moraes, a diretora de Ação Social Eva Vilma da Silva Rodrigues, o chefe de Gabinete Celso Henrique Bruno; o representante do Albergue Noturno, João Brunetti; da Associação Dom Bosco, Anderson Luís dos Santos e Rovilson Antônio da Silva Júnior; presidente da APAE, Guilherme Arrigoni Ferri; presidente da Humanitária, Walter Josué Gomes Ruy; presidente do Mão Amiga, Amarildo Elídio da Silva e o do Hospital, Francisco de Assis Mazuco Manoel.

Para as entidades a ajuda vem em boa hora, já que os repasses ainda não começaram e no início do ano a situação é bastante difícil, especialmente devido à crise que assola o país. De acordo com o decidido na reunião, o primeiro lote a ser vendido será o de sucata ainda esta semana para ser recolhido o mais rápido possível do Almoxarifado.

O prefeito Amarildo agradeceu o interesse e o empenho das entidades no assunto, pois o objetivo é o de ajudar a elas que fazem um trabalho tão importante no município e precisam ser reconhecidas e auxiliadas; mas também virá de encontro com a necessidade urgente de organizar o Almoxarifado Central que está numa situação deprimente.


Sobre o Autor



Back to Top ↑